Masturbação: Pecado ou não?



Mas o que é MASTURBAÇÃO?
Nada mais é que a manipulação do órgão genital afim de obter o prazer. (Google).
Recentemente conversando com uma jovem, evangélica, descobri que ela não sabia que masturbação era pecado. Como assim? Não posso masturbar?

O maior erro dos Líderes é acharem que todos conhecem sobre o assunto. Então, decidi falar sobre o tema de forma bem aberta.

Masturbar é sim pecado! Mas como assim? Então, é agora? Já não posso fazer sexo antes de casar, agora, também não posso me masturbar?
Calma! Não é o fim do mundo! Toda proibição tem uma explicação!

Para início de conversa, masturbação nada mais é do que um sexo só. “Somos ensinados pela Palavra de Deus que o sexo, não deve ser usufruído egoisticamente, deve ser compartilhado exclusivamente dentro do relacionamento matrimonial” (Pr. Alberto R. Timm, Ph.D.).
A primeira pergunta é: A bíblia fala sobre masturbação?
Não explicitamente, mesmo porquê esse vocabulário surgiu bem depois das escrituras sagradas. Mas já existia? Claro que sim!

A bíblia traz alguns princípios norteadores para o tema. Ela ensina que o sexo deve ser usufruído a dois dentro do casamento e não egoisticamente. A ideia original e única de Deus é que o homem não esteja só (Gênesis 2:18). A realização sexual deve ocorrer no CASAMENTO.
5 fatores pelos quais a masturbação é considerado como pecado:

1. – Masturbação está ligada a impureza mental.
Alguém se masturba pensando num pé de abóbora? Ou numa casquinha de sorvete? Claro que não. Isso é impossível! A pessoa no ato da masturbação vai trazer a lembrança imagem de pessoas através da internet, revistas, fotos, pensamentos maldosos e outras formas. A Bíblia relata que só em pensar, já cometemos pecado. Por isso, a pessoa que se masturba utiliza imagens ou lembranças de outras pessoas e isso já é algo condenado pelo próprio Jesus.

2. Masturbação afeta o padrão sexual natural.
Como já foi citado, a masturbação utiliza-se de imagens e artifícios impuros para ser praticada. Geralmente a masturbação está associada a pornografia e por isso o ato da masturbação vai gerar um padrão sexual desordenado e em desacordo com a criação. Porque? Isso é simples. O cônjuge não vai reproduzir ou por em prática todos os modelos aprendidos na pornografia. Ou você acha que vai? Claro que não! Com isso acabará gerando insatisfação no casamento, pois todas aquelas fantasias utilizadas nos momentos de masturbação não se tornarão concretas. Sem contar que você aprende a sentir desejo sexual sozinho e ao casar não conseguirá ter desejos sexuais a dois, somente se masturbando. Muitos casamentos acabaram devido a prática da masturbação por parte de um dos dois ou até mesmo ambos. Percebe o quanto a masturbação é danosa para a vida conjugal?

3. Masturbação se torna um vício… (É todo vício é  pecado)

A masturbação faz  gera prazer extremo e isso não se pode negar, gerando êxtase do orgasmo trazendo infinitas modificações hormonais no corpo, e esse momento de êxtase gera um imenso prazer e o individuo se torna refém do ato devido ao vício. O vício é como uso de qualquer tipo de drogas e álcool. Além disso  existem várias doenças relacionadas a sexualidade que se correlaciona com o vicio por sexo e masturbação e isso é tão pecado quanto o uso de drogas e álcool.

4. Masturbação é um ato de egoísmo.

O sexo tem o objetivo de gerar prazer mutuo. Esse foi o desejo de Deus quando criou o sexo santo e imaculado. Porém o homem através do pecado conseguiu destruir a visão de sexo santificado. A expressão do amor é a satisfação do “outro”, o que não acontece com a masturbação, pois o individuo que a pratica busca o prazer próprio, sendo egoísta em seus desejos, estando indiferente ao desejo de outro e de Deus. O prazer do orgasmo individual também se tornando pecado pela expressão de egoísmo.

5. A masturbação abre portas para outros pecados como a pornografia. 

Corte tudo que estimule o vício da masturbação
Jogue fora todas as revistas de pornográfia, livros e filmes eróticos que você costumava ver. Não alimente a sua mente com esse tipo de material, não olhe  para o corpo das moças, ou dos rapazes, com desejo alimentando sua mente com pensamentos impuros. Deixe de assistir programas de TV e/ ou filmes, como também canais no YouTube, pois são os  piores incentivadores para jovens que lutam contra a masturbação. 

A recomendação que a Bíblia nos dá quanto ao vício em pornografia e masturbação é fugir deles! 

“Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo.” (1 Coríntios 6:18 NVI)

Postar um comentário

0 Comentários